Dia mundial da luta contra o câncer: os avanços da medicina para a cura

O câncer ainda é uma das principais causas de morte no mundo. Segundo a OMS, cerca de um a cada seis mortes em 2020 foram decorrentes de câncer.

O câncer ainda é uma das principais causas de morte no mundo. Segundo a OMS, cerca de um a cada seis mortes em 2020 foram decorrentes de câncer. Os números assustam, mas mostram a importância de lutar contra essa doença.

Todos os anos, no dia 8 de abril, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) reforça seu compromisso com a luta contra o câncer. O Dia Mundial de Luta Contra o Câncer é dedicado à conscientização e estímulo a ações de saúde pública voltadas ao tratamento oncológico.

Novos tratamentos na luta contra o câncer

Apesar do alto índice de mortalidade, a busca por tratamentos mais eficazes continua. Novas tecnologias vêm sendo aplicadas, a fim de oferecer aos pacientes oncológicos uma luta mais justa e agressiva contra o câncer.

 

Trastuzumabe

O trastuzumabe se destaca por ser um anticorpo que atinge células cancerígenas HER2+ (uma das formas mais agressivas de câncer de mama).

Essa nova droga pode ser administrada individualmente ou com quimioterapia. O Trastuzumabe combate o avanço do câncer de mama HER2-positivo, mas também trabalha para reduzir o tamanho dos tumores.

O remédio entra no organismo como um alerta contra as células cancerígenas e estimula o corpo a trabalhar para combater a doença — destruindo o tumor de dentro para fora.

 

Células CAR-T

O tratamento com células CAR-T é um dos tratamentos mais recentes na luta contra neoplasias hematológicas (ou cânceres no sangue).

Esse tipo de célula age como um reprogramador das células de defesa do próprio paciente. Com isso, o corpo do paciente se torna capaz de identificar e eliminar as células cancerígenas.

Até o momento, a ANVISA aprovou apenas uma parte do tratamento. Isso torna o tratamento mais caro e reduz o acesso à tecnologia. Entretanto, o objetivo é trazer para o SUS essa nova abordagem contra o câncer para que cada vez mais pessoas encontrem a cura.

 

Vacina contra o câncer

Infecções virais são responsáveis pelo desenvolvimento de diversos cânceres. Hoje, a ciência busca tanto combater quanto prevenir o câncer.

As vacinas preventivas educam o organismo de modo que ele possa identificar as células doentes e combatê-las. É o que acontece no caso das vacinas contra o HPV, por exemplo.

Hoje, a tecnologia avança por outros caminhos, e o sipuleucel-T é uma vacina desenvolvida em 2010 e vem sendo utilizada para tratamento de pacientes em estágio avançado do câncer de próstata.

 

Fatores de risco para o câncer

O Dia Mundial da Luta Contra o Câncer também reforça a necessidade da prevenção e atenção aos fatores de risco como tabagismo, obesidade, alcoolismo e falta de vacinação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que entre 30% e 50% do desenvolvimento de cânceres pode ser frustrado, evitando-se fatores de risco. Uma rotina saudável deve incluir consultas de rotina ao médico, afinal, o diagnóstico precoce de câncer aumenta as chances de cura.

 

O cuidado com a saúde deve começar antes do diagnóstico

Em nosso site, você encontra outras informações sobre esse e outros temas. Para cuidar de você, conte com a ViverZodiac.

Acesse nossa página e agende sua consulta.

Referências Bibliográficas

https://www.hcor.com.br/imprensa/noticias/dia-mundial-de-luta-contra-o-cancer/

https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/cancer#:~:text=Cancer%20is%20a%20leading%20cause,and%20rectum%20and%20prostate%20cancers.

https://www.gov.br/ans/pt-br/assuntos/noticias/qualidade-da-saude/8-de-abril-luta-contra-o-cancer#:~:text=No%20Dia%20Mundial%20de%20Luta,presta%C3%A7%C3%A3o%20de%20servi%C3%A7os%20de%20aten%C3%A7%C3%A3o

https://butantan.gov.br/noticias/tratamento-de-us-500-mil-para-cancer-podera-ser-oferecido-no-sus-com-novo-nucleo-de-terapia-celular-do-estado-de-sao-paulo

https://terapiacelular.butantan.gov.br/https://www.cancerresearch.org/treatment-types/cancer-vaccines

Procure um especialista

Ver mais

    Assine nossa newsletter


    Tenho interesse em:


    oi